Hermès sem Jean Paul Gaultier

por CoolHype

O mundo da moda perdeu mais um diretor criativo, depois que John Galliano foi convidado a se retirar da Dior dessa vez é Jean Paul Gaultier que se retira da Hermès. Mas calma, não por um assunto polêmico nem nada do tipo; diferente de Galliano, Gaultier decide sair, pois decide se empenhar mais em sua própria grife que leva o seu nome.

Famoso por inserir no guarda-roupa feminino peças pertencentes ao closet masculino parece que esse ar andrógino permanece levemente como característica da grife. Em sua coleção de estréia o novo diretor criativo da Hermès, Christophe Lemaire – ex dirigente da Lacoste – com seus 43 looks apresentados na passarela nos remete aos anos 1990, aonde os famosos blazer cumpridos fizeram um grande sucesso dentro do minimalismo.

Apresentada no dia 6 de março sua coleção foi baseada nos nômades asiáticos, o que nos leva a uma contradição com Jean Paul, no qual suas ultimas coleções foram inspiradas em mulheres mais poderosas, como nas personagens de bond-girls, detetives do início do século XX e as antigas fortes mulheres do velho oeste. Muito couro e materiais que definiam bem o corpo feminino foram substituídos por casacos amplos e túnicas folgadas.

Fall 2010 por Jean Paul Gaultier

Fall 2010 por Jean Paul Gaultier

Primavera 2011 por Jean Paul Gaultier

Primavera 2011 por Jean Paul Gaultier

Uma leve mudança foi observada na nova coleção, mas uma mudança positiva que ganhou boas críticas devido a sofisticação – e o famoso couro Hermès – preservada por Lemaire.

Anúncios