O “Conto Passional” de Fernanda Ferrugem foi de fato encantador!

por CoolHype

Depois de dois anos longe das passarelas, a estilista volta com um desfile performático e coerente. Usando da práxis adquirida em sua perícia na moda, Fernanda apresentou uma coleção inspirada na prática da dança Flamenca e na cultura espanhola. Foram 16 looks cheios de lembranças sublimes do trabalho e personalidade da cantora Maria Callas.
O que me impressiona principalmente, é o fato de não ter encontrado nas roupas, a indevida “xerox” de tendências mundiais para uma coleção de inverno. As repetições do que se vê nas passarelas costumam deixar até blogueiros inexperientes (como nós) entediados. Abaixo pontos fortes da coleção apresentada:
  •  Sobreposição e a valorização da parte inferior dos vestidos com traços que remetem castanholas;
  •  Cores fortes que estão diretamente ligadas a coreografia e o jeito quente das mulheres da Espanha;
  • Acabamento primoroso e vestidos com movimento e fluidez;
O Conto Passional de Ferrugem foi um dos 5 minutos de desfiles mais bem gastos em nossa vida fashionista. Depois postaremos um vídeo da estilista no backstage.

Abaixo as fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

A moda hoje em dia é abarrotada de críticas. As pessoas vêem esse mercado como um espelho do sistema capitalista, na qual se você for um informante dessa área você só deve passar opiniões negativas e preconceituosas, o que o torna “superior” ao restante do grupo. Isto está errado, até porque o divertido do vestuário é, justamente, o fato de você conseguir quebrar paradigmas e se divertir usando a moda como forma de expressão, crítica social, massificação de sub-culturas e pensamentos antropológicos. Fernanda Ferrugem conseguiu passar isso de uma forma sútil e inteligente. Que venham mais como esses!

Fotos: Daniel Fama – http://www.flickr.com/photos/danielfama/  

Obs.: Algumas fotos também foram cedidas pela estilista.

Anúncios