The Discipline of Fashion – Vogue italiana faz chorar

por CoolHype

A edição de Setembro da Vogue italiana trás uma capa subversiva à realidade da moda atual, ignorando a indignação da primeira Punk na moda, Chanel. O que nós meros mortais achamos disso? Emocionante. Não gosto de exagerar quanto minhas opiniões, porém, esse editorial me deixou paralisado na frente do computador por mais de 10 minutos, logicamente teria de escrever sobre isso.

Paul Poiret e nossa avó adotiva Coco Chanel, libertaram por assim dizer, as mulheres do doloroso e disciplinar espartilho. Por motivos dados aos fatos históricos ocorridos neste período; Paris estava no auge do modernismo, formando uma concepção de vida pela arte, levando as pessoas para os parques a céu aberto, evidentemente o apetrecho usado na época foi caindo. As pessoas queriam a liberdade na roupa. Fim da era de grande valorização da cintura.

O que mais impressionou no editorial da Vogue Itália, consiste no fato de que nunca imaginaria a estética de 1919 sendo capa de Vogue em pleno ano de 2011.  Imagens nostálgicas, porém, com ar  vanguardista – se é que isso fosse possível – de arrepiar. A modelo é  Stella Tennant (queridinha de Grace Coddington) e as fotos são de responsabilidade do absurdamente incrível Steven Meisel.

Veja abaixo a obra de arte:

 

 

 

 

Anúncios