Cool Hype

Just another WordPress.com site

Categoria: Para Escutar: Nascidos em Brasília

Móveis Convida e Festival Rolla Pedra

O contato com as bandas, o aprendizado da estrada e o carinho por Brasília contribuíram para que a banda, Móveis Coloniais de Acaju, criasse seu próprio festival, o Móveis Convida. Da primeira edição, ainda em experiência (no fim de 2005) à última (em abril de 2009, que marcou a estreia das novas músicas) passaram mais de 20 bandas (de atrações renomadas como Pato Fu e Los Hermanos a novas promessas como Black Drawing Chalks) e um público médio de quatro mil pessoas por edição.

A próxima edição será especial, pois haverá a junção do Móveis Convida juntamente com o Festival Rolla Pedra (www.rollapedra.com. Nome do Teatro, que na década de 1980 ajudou a revelar alguns dos grandes nomes da música candanga, como Legião Urbana, Capital Inicial, Plebe Rude, e algumas das bandas que levaram Brasília a receber o título de capital do rock nacional.)
Nessa edição especial com a junção dos dois festivais, quem ganha é a música de Brasília, 50 bandas celebram os 50 anos de Brasília em três dias (10, 11 e 12) de música no Complexo Cultural da República com entrada franca mediante a doação de 1kg de alimento para o MESA BRASIL do Sesc, além de palestras e oficinas de capacitação com foco na cadeia produtiva do mercado musical do DF.

 

  • PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL

10 | 12 | 2010
16h00
ABERTURA DOS PORTÕES
18h – THE SQUINTZ
18h25 – OS MALTRAPILHOS
18h50 – UNDERPAIN
19h15 – RED OLD SNAKE
19h40 – ELFFUS
20h05 – ESTAMIRA
20h30 – FLASHOVER
20h55 – OPTICAL FAZE
21h20 – DECEIVERS
21h45 – MORETOOLS
22h10 – HARLLEQUIM
22h35 – DYNAHEAD
23h00 – MADAME SAATAN (PA)
23h30 – GALINHA PRETA & CONVIDADOS
00h05 – DFC
00h40 – LOBOTOMIA (SP)
1h10 – KHALLICE
1h50 – SOULSPELL (SP)

11 | 12 | 2010BANDA
16h00 – ABERTURA DOS PORTÕES
16h30 – TURRÓN PRESIDENCIAL
16h55 – VALDEZ
17h20 – OS THE LOS
17h45 – DARSHAN
18h10 – NONATO DENTE DE OURO & O ESQUADRÃO DE ÉBANO
18h35 – CÉSAR DE PAULA & PROJETO S.A.
19h00 – BESOURO DO RABO BRANCO
19h25 – JOHNNY SUXXX AND THE FUCKING BOYS (GO)
19h55 – WATSON
20h20 – SUÍTE SUPER LUXO
20h45 – ORGÂNICA (SP)
21h15 – JANICEDOLL
21h40 – TRAMPA
22h05 – ETNO
22h30 – 10ZER04
22h55 – CAMARONES ORQUESTRA GUITARRÍSTICA (RN)
23h25 – PORCAS BORBOLETAS (MG)
00h00 – ELLEN OLÉRIA
00h35 – MÓVEIS COLONIAIS DE ACAJU – Lançamento do primeiro dvd .

12 | 12 | 2010
16h00 – ABERTURA DOS PORTÕES
16h30 – REBEL SHOT PARTY
16h55 – ELECTRODOMESTICKS
17h20 – TIRO WILLIANS
17h45 – LOS TORRONES
18h10 – BROW HÁ
18h35 – PEDRINHO GRANA & OS TROCADOS
19h00 – DISSÔNICOS
19h25 – OS DINAMITES
19h50 – SAPATOS BICOLORES
20h20 – OS GRAMOFOCAS
20h50 – LUCY AND THE POPSONICS
21h20 – LITTLE QUAIL AND THE MAD BIRDS & CONVIDADOS
22h35 – PLEBE RUDE

Móveis Coloniais de Acaju

Considerada por muitos a mais importante banda independente do Brasil, o Móveis Coloniais de Acaju é composto por 10 integrantes puramente candangos: André Gonzales (voz), BC (guitarra), Beto Mejiá (flauta transversal), Eduardo Borém (gaita cromática e teclados), Esdras Nogueira (sax barítono), Fabio Pedroza (baixo), Fabício Ofuji (produção), Gabriel Coaracy (bateria), Paulo Rogério (sax tenor), Xande Bursztyn (trombone). Considerada uma banda-empresa, esta organiza seu próprio festival, produz e vende seus produtos (camisetas, acessórios, discos, etc) e planeja suas turnês.

Em 1998 a banda surgiu com ideais que se confundem a outras bandas. Um grupo de jovens amigos que buscavam uma sonoridade singular, diversão e, quem sabe, o sucesso. Mal sabiam, naquele momento, que estavam a iniciar um dos mais ambiciosos e interessantes projetos musicais que o Brasil abrigaria.

Nos primeiros anos, foram muitos e muitos shows por Brasília. Bailes de formatura, festas de centros acadêmicos, shows de reggae, rock, metal… tudo! Além de Brasília, a banda se aventurou por Goiânia e São Paulo. Mas, em 2003, quando foram a única atração local selecionada para figurar o palco principal do Brasília Music Festival (abrindo para Live, Ultraje a Rigor e Charlie Brown Jr), viram que a coisa tinha que se profissionalizar.

o primeiro disco, foi gravado em outubro de 2004 no Rio de Janeiro, no estúdio Tambor, sob o olhar de Ramos (que havia recém lançado a Pitty) e os cuidados de Jorge Guerreiro. Foi a primeira grande experiência em estúdio. Reunia 12 das melhores composições da banda à época, que sintetizavam a “feijoada búlgara” – termo gastronômico usado pelo Móveis para explicar a mistura do rock, ska a ritmos brasileiros e do leste europeu.

A incansável vontade de tocar e ampliar seus horizontes levou a banda para uma turnê de seis shows pela Europa – Bélgica, Suíça, Rep. Tcheca e Alemanha, em agosto de 2008. Sem exceção, o Móveis foi ovacionado em todas as apresentações. Os novos ares ajudaram a banda a fechar o repertório do segundo disco, que seria gravado a partir de outubro de 2008.

De volta ao Brasil, e desta vez com o acompanhamento (quase fraternal) de Carlos Eduardo Miranda, a banda dedicou-se ao c_mpl_te (complete) – o aguardado segundo cd. Também com 12 faixas, o álbum destaca a união, o trabalho em grupo e a consolidação da identidade sonora.

O Móveis Coloniais de Acaju venceu esse ano o prêmio Multishow na categoria Experimente

  • Projeto TAMAR

Em comemoração aos 30 anos do Projeto TAMAR, o Móveis Coloniais de Acaju resolveu compor (juntamente com um compositor de Fernando de Noronha, João Medeiros) duas músicas em homenagem ao projeto TAMAR, foram elas: “Melrgulha e Voa” e “Por Você”

%d blogueiros gostam disto: